Pós

Aqui a gente faz assim.

O2 Post has a whole structure to handle the complex process that is post -production . But outside of the equipment, the original idea that differentiates it still holds : Teamwork in search of what every movie has to offer.

Technologies change , and the very way of making movies too. O2 was the first to finish with the camera red in Brazil. It has approximately eighty people working with all kinds of finish possible : 3D , Visual Effects , Motion Graphics, Color Grading , Assembly and to stereoscopy , a technique that reproduces the third dimension on the big screen and also on the small screen .


VFX – 3D & COMP

MOTION DESIGN

COLOR GRADING

O2 Pós-produção

Time de profissionais

Paulo Barcellos

Diretor Geral

Omar Colossi

Supervisor VFX

Emerson Bonadias

Supervisor VFX

Seu primeiro contato com a computação gráfica foi em 1991 com o software Crystal Topas, que rodava num Sistema Operacional DOS, em um Desktop com processador 386.
Desde então, passou por inúmeros softwares de 3D, de composição digital e ilhas de montagem linear. Quando conheceu o Flint, da então Discreet Logic, decidiu que composição seria o futuro de sua carreira. Através do conhecimento adquirido em 3D, usado largamente em composição, desenvolve um trabalho que alia técnica e estética, tendo esta última, sempre como objetivo final.
Em São Paulo, trabalhou como compositor freelancer por muitos anos, antes de integrar o time da Teleimage. Ao longo de 6 anos, compôs cenas de VFX para cerca de 25 filmes, entre eles “Se Eu Fosse Você 1 e 2” de Daniel Filho e “O Maior Amor do Mundo”, de Carlos Diegues.
Já na Casablanca Efeitos, trabalhou com as maiores produtoras do Brasil, compondo e supervisionando VFX no set e na Pós. Trabalhou com diretores como Cláudio Borrelli (Killers) e Pedro Becker (Fat Bastad). Em 5 anos, foram mais de 100 comercias.
Em 2013, entrou para o time da O2 Pós. Aqui, já trabalhou em 24 projetos de entretenimento e de publicidade, compondo e supervisionando VFX de projetos como o “Felizes Para Sempre” dirigido por Fernando Meireles, desenvolvendo ferramentas internas para projetos de VR usadas em projetos como o clipe Ivete 360 do diretor Ricardo Laganaro, o vídeo VR mais visto do mundo. Por seu trabalho como supervisor de composição de VFX no filme Zoom, do diretor Pedro Morelli, foi indicado ao Canadian Screen Awards 2016 na categoria de Efeitos Visuais.
Sempre se preocupando com a estética de seus projetos e a inovação dos mesmos, já são 23 anos de experiência em Pós Produção, com 37 filmes e series e incontáveis filmes publicitários no currículo.

Click Me!

Ariel Wollinger

Supervisor de pós produção

Trabalha na área desde 1996, iniciou a carreira na Casablanca e foi o primeiro editor de AVID DS do País, e em 1999 iniciou na Teleimage, onde trabalhou até 2011 onde implementou a intermediação digital, pesquisava novas tecnologias, entre outras atividades. Também supervisionava filmagens de cenas de efeitos visuais em várias produções. Agora na O2, junto com Lucas Maia e Luis Ignacio Barrague, coordenam a parte técnica da pós produção, cuidando do quality check de todo material que sai da casa, VOD, DCPs, e masters em geral.

Click Me!

Camila Dipold

Coordenadora de pós produção

Diego Batista

Coordenador de Animação

Michel Zigaib

Diretor Técnico VFX

Sandro di Segni

Diretor Técnico VFX

Martin Cobelo

Supervisor VFX

Tiago Corá

Supervisor VFX